A Extraordinária Ponte de Öresund

22_03_blog

 

22_03_blog

Estrutura que submerge o leito oceânico. Conheça a ponte de Öresund, uma maravilha da engenharia moderna.

A Ponte de Öresund é uma das mais singulares obras de arte do Norte da Europa e o exemplo perfeito do poder da colaboração transfronteiriça em obras de engenharia. É também uma das mais fotografadas pontes do mundo, muito graças à ilha artificial, localizada no meio do estreito de Öresund, que serve de interface de transição para um túnel subaquático (e subterrâneo) com cerca de 4 quilômetros de comprimento. A estrutura, que é a mais longa ponte ferroviária e rodoviária da Europa, com um tabuleiro de 8 quilômetros de extensão. A ponte Oresund é na verdade fruto da ciência e tecnologia e que os responsáveis pelo planejamento e construção da “ponte impossível” são engenheiros e arquitetos que devido ao seu gênio criativo foram capazes de transformar o impossível em realidade palpável e translumbrante. A ‘’Ponte Impossível’’ como é chamada carinhosamente a surreal Oresund é uma gigantesca ponte de aço estaiada em meio ao mar Báltico liga Copenhague (Dinamarca) e Malmö (Suécia) cortando um estreito que separa os dois países através do mar. A fabulosa ponte é a concretização de um sonho de mais de um século, na verdade desde 1872. Em 1991 foi assinado um acordo para sua implementação e a construção teve início em 1995. Em 2000 a princesa da Suécia e o príncipe da Dinamarca inauguraram juntos a ponte. Contando com todas as estruturas do complexo, desde a ponte, até a ilha e o túnel, são mais de 16km empregados na travessia entre os dois países. Öresund é composta por uma autoestrada destinada ao tráfego rodoviário, na parte superior de concreto, com 6 pistas, duas para circulação de carros, duas vias férreas e mais duas de emergência. O custo total da ponte ficou em torno de 1,5 milhões de dólares, com o valor dos custos da construção divididos entre os dois países.