O uso de drones na agricultura

O campo está cada vez mais tecnológico e buscando profissionais mais qualificados, mas agora a exigência para profissionais é algo quase impossível: voar! Os drones estão conquistando produtores de diferentes culturas, principalmente por ser um ótimo investimento. Uma das principais produtoras de uva do Brasil já investe em drones. A empresa comprou o primeiro drone e iniciou as operações em uma das quatro fazendas da empresa.  O primeiro drone foi utilizado para sobrevoar a propriedade de 375 hectares e fotografar com câmeras de espectro visível, termal e multiespectral. Com as fotos tiradas pelo equipamento, foi possível analisar vigor e clorofila, estresse térmico das plantas, falhas de plantio e monitorar pragas como os ácaros vermelhos.

Os benefícios já foram comprovados: o uso de drones poderá contribuir para a produção de frutas mais limpas, acompanhamento mais detalhado de praga e doenças, plantas e frutos mais equilibrados nutricionalmente, sem déficit hídrico, assim como melhorar a produtividade e qualidade.

Uma das principais vantagens do drone é a economia de tempo nos trabalhos de campo. Para andar pelos 800 hectares das propriedades, com acompanhamento técnico, gastava-se uma semana ou mais, conta um produtor. Com o equipamento, é possível monitorar a área total da fazenda em no máximo um dia e meio.

Fonte: Farming Brasil