Em 2017, Creas têm até 10 de março para indicar nomes para receber as honrarias do Sistema Confea/Crea

laurea ao merito

Reduzido em função da antecipação da 74ª Soea (Semana Oficial da Engenharia e Agronomia) que acontece de 08 a 11 de agosto próximo em Belém (PA), o prazo para que os Creas enviem os nomes a serem indicados para receber as honrarias do Sistema Confea/Crea se encerra em 10 de março.

Aprovada na sessão plenária 1435, de dezembro de 2016, a Resolução 1085, de 12 de dezembro de 2016, traz novidades que já estão valendo para a escolha dos indicados às honrarias do Sistema Confea/Crea deste ano. Entre as alterações, a inclusão de uma nova categoria, a de Menção Honrosa para pessoa jurídica, pública ou privada, com ou sem fins lucrativos,  que se soma às outras duas já existentes, a da Medalha do Mérito e a do Livro Láurea ao Mérito.

Lembrando que a Medalha não pode ser entregue a funcionários  do  Sistema Confea/Crea ou Mútua, nem a profissionais em exercício de mandatos eletivos  – para serem indicados precisam atender ao intervalo de três anos após o fim do mandato -,  a Resolução mantém o objetivo inicial das homenagens criadas em 1958: reconhecer a contribuição de profissionais – vivos e já falecidos -, instituições e autoridades, para o desenvolvimento do próprio Sistema e de melhorias tecnológicas e socioeconômicas para o país, seja por meio de obras, atuação no magistério, ocupando cargos políticos ou desenvolvendo técnicas e pesquisas.

Data marcada
Para participar do processo de escolha e ter profissionais de seus estados entre os homenageados, Creas e entidades nacionais credenciadas no Colégio de Presidentes do Sistema Confa/Crea  se movimentam para a escolha dos nomes meses antes da cerimônia de entrega que este ano marcada para  a noite de 08 de agosto.

Como todos os anos,  as comissões do mérito dos Creas confirmarão as inscrições, atestando se atendem a todas as exigências, e encaminharão para os plenários regionais que, por sua vez, podem fazer no máximo três indicações: uma para cada categoria.

As indicações devem ser protocolizadas no Confea a fim de que a Comissão do Mérito, este ano coordenada pelo conselheiro Francisco Soares da Silva, faça a seleção final dos indicados, submetida à aprovação do plenário federal.

Além de Soares, que é engenheiro agrônomo e que atuará como chanceler, a recém empossada a Comissão do Mérito tem como integrantes, o eng. ind. mec. Afonso Ferreira Bernardes; o eng. civ. Marcos Luciano Camoeiras Gracindo Marques; o eng. eletric. Inarê Roberto Rodrigues Poeta e Silva e o eng. eletric., Carlos Batista das Neves.

Fonte: Confea