Equipe AeroRio, do CTC/PUC-Rio, é tricampeã da SAE Brasil AeroDesign na categoria Advanced e se classifica para competição internacional na Flórida

febrae

A equipe AeroRio, coordenada pelo Prof. Eduardo Costa da Silva, do Departamento de Engenharia Elétrica, do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio), ficou com o primeiro lugar da competição SAE Brasil AeroDesign, na qual disputou a categoria Advanced. O evento ocorreu entre os dias 26 e 29 de outubro, na cidade de São José dos Campos, SP, e reuniu mais de mil alunos de 76 universidades nacionais e estrangeiras. Com o resultado, a equipe carioca sagrou-se tricampeã na classe Advanced (venceu também em 2012 e 2013) e foi a única equipe nacional classificada para disputar esta classe na SAE AeroDesign East 2018, torneio mundial de aviação para alunos universitários, que acontecerá em Lakeland, na Flórida, EUA, de 9 a 11 de março de 2018.

febrae

 

A SAE Brasil AeroDesign foi dividida em duas etapas: Competição de Projeto e Competição de Voo. Na primeira, a AeroRio precisou elaborar um relatório técnico com especificações da aeronave, justificando todo o raciocínio utilizado para conceber a proposta de aeronave desenvolvida pela equipe. Este relatório foi avaliado por uma comissão técnica e, posteriormente, apresentado de forma oral perante uma banca examinadora. Por sua vez, na segunda etapa, a equipe realizou baterias de voos, a fim de se poder testar a carga máxima que cada avião pode carregar, a eficiência estrutural, o peso vazio real da aeronave, sua confiabilidade e vários outros aspectos.

A categoria Advanced, dentre todas as categorias da competição, permite maior liberdade de projeto, além de ser a única que tem como exigência a presença de um sistema eletrônico embarcado capaz de monitorar diversos parâmetros da aeronave e transmiti-los por um link de telemetria. A aeronave premiada da AeroRio/PUC-Rio foi projetada e construída pelos integrantes da equipe, com quase quatro metros de envergadura, estrutura de fibra de carbono e propulsão elétrica. Todas as peças do avião foram construídas em laboratórios da PUC-Rio, assim como a eletrônica embarcada, responsável por armazenar dados do voo. Além disso, foi projetada uma estação de solo para acompanhar as informações do voo em tempo real.

Além do título de campeã na classe Advanced, a equipe recebeu cinco menções honrosas em diversas áreas do projeto, sendo a equipe com o maior número de menções honrosas da competição: Melhor Eletrônica Embarcada, Menor Tempo de Retirada de Carga, Maior Acuracidade de Velocidade, Maior Acuracidade de Carga Paga e Maior Quantidade de Movimento.

A AeroRio disputou a categoria Advanced com outras sete universidades brasileiras: USP, UFRN, UEA, ITA, UEPJMF/SP, CEFET/RJ e FMN/RN. A equipe da UFRN e da UEA ficaram com o segundo e o terceiro lugar, respectivamente.

 

APPROACH COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio)