Federalização do plenário do Confea na pauta do Ministério do Planejamento

Ministerio do Planejamento

O presidente do Confea, engenheiro civil José Tadeu da Silva, tramitou a proposta de federalização do plenário do Conselho no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Acompanhado do presidente da Frente Parlamentar Mista de Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento Nacional, deputado federal Ronaldo Lessa (PDT/AL), José Tadeu apresentou ao ministro Dyogo Henrique de Oliveira a importância de instituir a composição federativa do plenário, como caminho para ter a participação dos 27 representantes de todo o Brasíl. ”O que temos hoje é uma crise de representatividade e uma forte pressão dos profissionais para que o plenário do Confea seja mais democrático, representativo e equilibrado”, afirmou José Tadeu.

Trâmite

Depois de passar pela apreciação do Ministério do Trabalho no ano passado, a propositura de federalização do plenário foi encaminhada ao Ministério do Planejamento, onde aguarda análise de competências para posteriormente ser remetida à apreciação da Casa Civil da Presidência da República.

A proposta vai ao encontro das demandas dos profissionais do Sistema Confea/Crea que buscam ter um plenário ainda mais representativo e balanceado. Os participantes do 9º Congresso Nacional de Profissionais, por exemplo, pautaram o assunto e propuseram que o plenário seja composto de: presidente; profissionais de Nível Superior Pleno representando cada unidade da federação, representantes das profissões de nível superior de curta duração; representantes das profissões de nível médio; representantes das instituições de ensino de engenharia e de agronomia e das escolas técnicas.

A audiência tratou, ainda, de intercâmbio profissional internacional.

Fonte: Confea