Nuvem artificial para combater incêndios

Um engenheiro brasileiro está desenvolvendo uma nuvem artificial para combater incêndios de grandes portes, como os florestais. O engenheiro Edilson Gomes de Lima se inspirou em jogos clássicos como jogos do Atari para criar uma nuvem feita de drones. A ideia é um grande Drone primeiro mapear a área do incêndio, obtendo informações e fotos. Após estas informações, um enxame de Drones é lançado sobre a área, jogando água sobre o fogo. Como são milhares de drones e eles constantemente se reabastecem de água e energia com a ajuda de um caminhão, uma chuva artificial se formará.

“É importante não confundir os DRONES deste projeto com os brinquedos vendidos na praça. Os DRONES deste projeto são componentes de uma máquina móvel inteligente, individualmente cubos que se transformam em pinos para serem lançados com pneumática, ou seja, estão classificados como componentes de uma máquina pesada. Sendo únicos, e não são exatamente DRONES. Como demonstrado, o procedimento para fazer nuvens artificiais com milhares de DRONES é viável, embora com um custo inicial alto, mas depois da primeira despesa, a máquina tende a custar menos. E como retornam à base, no caso o caminhão, através de sinais de rádio de controle, e reposicionamento por ciência de controle. Portanto, o custo inicial torna-se muito baixo custo diante de sua utilidade. O mesmo equipamento é retornável e reutilizável várias vezes”, diz o site oficial do projeto.

O projeto ainda está no começo e há uma página de financiamento coletivo para alavancar o trabalho.